O mercado de trabalho

Daniel Bastos, Qui 14 abril 2016, Pensamentos

filosofia, mercador de trabalho

Fala pessoal, beleza?

Nesse momento em que passa o país é quase impossível não perceber o estrago que vem ocorrendo no ramo privado e no mercado de trabalho como um todo, com diversas empresas fechando, pessoas endividadas e muitas demissões.

Acredito que haja várias formas de se analisar essa situação:

Eu vejo isso de uma forma um pouco diferente, mais pautado na realidade e menos em suposições de como o mundo deveria ser, mas sim, em como o mundo realmente é.

As vezes eu acho que as pessoas ignoram o fato de que: A empresa é feita para dar lucro ao dono.

Se você pensa o contrário, então abra uma empresa para ver se sua opinião não muda rapidinho.

Ao compreender o motivo porque as empresas são criadas, vem logo:

Para essa situação só existe uma saída: Entenda como funciona o mercado de trabalho e se poste nele como uma peça chave, e não como um coitadinho!

Sei que pode ser meio estranho isso, mas o mercado funciona assim, enquanto você for totalmente dependente do seu chefe, ele poderá cagar na sua cabeça e fazer com você o que ele quiser. Agora, se quiser sair dessa situação, não dependa do seu chefe.

Então a única solução é a minha empresa? Não necessariamente.

Tenha em você atributos para se por como peça chave no mercado, onde empresas vão lutar para ter você na equipe dela. E se puder, tenha um plano B.. E quem sabe um plano C. Mas não deposite todas suas fichas em um lugar, pois agora você já sabe: Empresas são feitas para dar lucro aos seus donos.

Para resumir a conversa, nesse vídeo tem a melhore explicação sobre o mercado de trabalho.

Assista a aula inteira (https://www.youtube.com/watch?v=tjhXPRB8w7Q) você vai compreender melhor os pensamentos de Maquiavel, e verá que essas ideias não se aplicam apenas ao mercado de trabalho mas também a política.